sábado, 7 de março de 2009

A villa também não se recomenda

Depois de ler o comentário ao texto do nosso Nero, a villa lusitana sente-se na obrigação de vir advertir os mais sensíveis que não vale a pena vir ao nosso blogue que, aliás, é perfeitamente dispensável.
Como se vê pela fotografia captada no momento em que o nosso anónimo comentador acedeu pela primeira vez ao nosso blogue (reparem no estado em que ele ficou!), este não é um local seguro e o que nos vale é que, sendo ele dispensável, certamente que não teremos mais visitas de quem já nos dispensou a sua opinião, que respeitamos muito, sob pena de contradição (então ele anda por locais não recomendáveis e perfeitamente dispensáveis?).
Lembramos, contudo, a quem, mesmo assim, ainda nos visita de bom grado que a villa poderá assumir outras imagens, quiçá mais agradáveis à vista, já que é produto de um sonho alucinado e isso torna-a mutável, ou seja, faz com que se revele ao visitante de acordo com as suas intenções quando, inadvertida ou divertidamente, aqui vem parar.
E quem vem por bem...
Hic Hic Hurra

5 comentários:

Ana disse...

Quem vem por bem... calcula-se que será bem vindo(a).

Mas atenção que também há "males" que vêm por bem. É bom estarem atentos.

E ainda... os cães ladram e a caravAna passa.
Esta já inha sido referida há uns tempos mas hoje voltou a calhar.

À vossa!

ANA.RCA disse...

Maninho:

É o que se chama dor de cotovelo. E parece que é uma dor tramada, difícil de passar, mesmo com analgésico potente :)

Beijocas às paletes

alcibíades da silva disse...

Parece que vamos ter exorcismo na 4ª feira.
Para isso também servem os amigos...

Nero disse...

Diria mais: NÃO NOS RECOMENDAMOS!!

João J. disse...

No entanto, quem conhece esta imagem sabe que o filme de onde foi tirada é recomendadíssimo... quem não sabe, saltinho ao meu quintal...