sábado, 24 de janeiro de 2009

Piruças, o destemido

Eis como ficou alcunhado o cão de um vizinho meu, tratador de animais no Jardim Zoológico de Lisboa.
Um dia teve de o levar com ele para o trabalho, pois não conseguiu arranjar ninguém para ficar com o animalzinho.
E tudo correu bem a princípio.
O pior foi quando o Piruças encontrou a porta de uma jaula aberta e se lembrou que estava com o cio!
O sexo fácil faz-nos perder a cabeça, bem o sei, mas no caso do Piruças poderia fazer-lhe perder algo mais.
Para além da virgindade, é claro...
Hic Hic Hurra

4 comentários:

zézé disse...

O casal Obama, ao ver esta fotografia, deixou bem claro que já não quer um cão português.
Já agora, aproveito para rectificar: o cão não se chama Piruças mas sim Camarinha, o garanhão allgarvio, que, disse ao Manel Luís Goucha que, em dia de inspiração, tudo marcha, um tigre, dois tigres, três "trigues".
Ah, leão!!!

Ana disse...

Saiba o meu amigo que apenas as fêmeas têm cio.
Logo... a culpada foi a tigresa.

Então este Zézé comentador também vê os programas do Goucha?
Oh, senhores, francamente!

à sua!

Ze_Cuscopos disse...

Caro zézé,

Garanto-lhe que é Piruças de baptismo, agora c'amarinha por tudo quanto tem buraco a menos de 10 metros, lá isso é verdade...

Hic Hic Hurra

Ze_Cuscopos disse...

Cara vizinha Ana,

E eu que sempre tive o Piruças por muito macho, depois de ler o S. prezado comentário ando cá desconfiado que, afinal, ele é dos invertidos!
Ou dos divertidos, que pelo aspecto facial do animalzinho, com a língua de fora e tudo, ele parece ter... trejeito para a coisa!

À Sua!!!

Hic Hic Hurra

PS - Acho inadmissível que pessoas como o zézé andem a ver (agora diz-se visualizar, que é mais fino) os programas do Goucha! Se bem que, dizem, esses rapazes, por andarem sempre rotos, suscitam a piedade de belos exemplares do sexo feminino que não os largam, pelo que o mistério até pode ter uma explicação plausível.