sábado, 10 de janeiro de 2009

A leste tudo de novo

Eis a conclusão a que chegaram os fabricantes de electrodomésticos dos países do leste da Europa face à abrupta cessação do fornecimento de gás imposta pela Rússia.
Numa altura em que a medida mais se tornaria visível, pois não teria grande efeito se ocorresse na Primavera, no Verão ou num Outono/Inverno que fossem amenos, uma vez mais fica demonstrado que são, como em todas as grandes decisões de natureza política ou económica, os mais fracos e desfavorecidos que ficam a arder.
Por isso, a Villa apresenta este novo modelo de fogão que é à prova de crises de fornecimento de gás e que tem um inovador sistema de combustão, sempre renovável, bem revelador da preocupação que sentimos por aqueles que não possuem gás em casa.
Também é apropriado para todas as famílias que se queixam do elevado valor das respectivas facturas mensais, e como os tempos são, infelizmente, tecnicamente de recessão, eis mais uma medida amiga do ambiente e, já agora, das carteiras dos consumidores.
Em mais um produto com a garantia da Villa.
Pelo menos nós garantimos que sim!
Hic Hic Hurra

2 comentários:

Ana disse...

A necessidade aguça o engenho, é o que é.
Ainda havemos de voltar aos velhinhos fogões a lenha, quando o gás também nos faltar e a electricidade ficar demasiado cara.
Lenha, mas espanhola que, com esta friagem, esgotou a nacional.
Será que, para além dos cavaquinhos, a Villa também pensa vir a fornecer... achas?
Não achava má ideia, se quer que lhe diga.

À sua!

cristo eanes disse...

Ontem, na auto-estrada, a caminho de Lisboa, iam dois camiões carregados de garrafas de gás, duas verdadeiras bombas ambulantes.
Ironicamente, esses camiões ostentam, na traseira, esta admirável inscrição
"Segurança a todo o gás".

Mais palavras para quê?