quinta-feira, 22 de abril de 2010

Qual D. Sebastião dos tempos modernos

Também a sentença do tribunal judicial que, em 1.ª instância, condenou Domingos Névoa ao pagamento de 5 mil euros pela prática do crime de corrupção, na forma tentada, acabou perdida na Relação de Lisboa.
O caso remonta a uma altura em que o (a partir daí) conhecido empresário tentou aliciar o então vereador José de Sá Fernandes, através do pagamento de uma quantia de 200 mil euros, no negócio que envolvia a Bragaparques e os terrenos da antiga Feira Popular.
Com mais esta brilhante sentença, que muito dignifica os tribunais nacionais e constitui severa punição para quem no futuro pretenda tentar a prática de semelhantes ilícitos, Portugal passa a estar na vanguarda político-judicial da europa.
O motivo?
É simples: para além de um PM que se licencia aos Domingos, também tem tribunais para quem a tentativa de corrupção se encontra algures na Névoa...
Hic Hic Hurra
P.S. - Estou mesmo a ver que, por este andar, se existir alguma condenação no famoso Processo Casa Pia, será a dos antigos alunos, dando-se por provado que eles tudo fizeram para se deixarem... enfim...

4 comentários:

Ana disse...

Não esqueçamos o juíz Rui Teixeira que ainda há-de levar para tabaco.

Parece que esse não se queixava de névoa na vista.
Nem de cataratas.

À VOSSA!

Red Eagle disse...

É só vergonhas...

Ze_Cuscopos disse...

Cara vizinha Ana,

Como poderíamos esquecer o nosso Ruizinho que, por via da sua douta decisão, anda agora por um tribunal qualquer a lutar pela vida.

Prendeu-o preventivamente, não foi?
Pois agora leva com o Pau...lo!

À nossa!

Hic Hic Hurra

Ze_Cuscopos disse...

Caro vizinho Red Eagle,

E não são poucas, as vergonhas.

Embora seja uma pouca vergonha.

Raio de comentário o meu... devia ter vergonha! Mas muita!!!

Hic Hic Hurra