quarta-feira, 30 de setembro de 2009

A villa recomenda

Aparentemente nada ligaria António Cagica Rapaz a Philip Roth ou a Paul Auster.
Mas quem ler esta magnífica obra, que já se encontra à venda, irá descobrir que nada na vida acontece por acaso e existem momentos que influenciam as decisões que tomamos.
Como um pai influencia, mesmo que de tal não aperceba, a vida dos seus filhos e do núcleo familiar onde se insere.
Mais uma obra de mestre com a chancela de quem trata a vida, por palavras, como poucos o sabem fazer, com a particularidade de nos revelar (muito d)a personalidade marcante do autor e do seu trajecto até aos dias de hoje.
E se nada deve ser esquecido, também nem tudo deve ser contado, verdade?
Não se lê, devora-se...
Hic Hic Hurra

6 comentários:

do arte gomes disse...

Ó Zé,

Modere lá o seu entusiasmo, não vá o Sócrates convidar o ACR para ministro da Cultura.
No fundo, um cargo ministerial, além de garantir pasta, é uma bela (re)forma de tratar da vida.

Anónimo disse...

A "Magra Carta" já voltou...

Ana disse...

Meu caro Zé,
Quisera eu ter já ter posto as mãos (e sobretudo os olhos) no livro.
Mas vou ter de esperar mais um pouco.
Sei que vou gostar.
Como gostei de saber do regresso desses dois senhores que andavam afastados da blogosfera.

Estou recomeçando a visitar os blogues de que gosto, deixando os postes para quando a disposição o permitir.

Beijinho, Zé.

Ze_Cuscopos disse...

Caro do arte gomes,

Para além da beleza do comentário, que eu sei que você sabe que eu sei que você sabe que eu sei de quem parte, fica a constatação de que nunca a Cultura deste país ficaria em tão boas mãos...

Um abraço.

Hic Hic Hurra

Ze_Cuscopos disse...

Caro anónimo,

Finalmente uma EXCELENTE notícia!!!

Finalmente...

Hic Hic Hurra

Ze_Cuscopos disse...

Minha cara Ana,

Tudo a seu tempo.

E não tenho qualquer dúvida de que irá gostar do Tratar da Vida.

Saúdo o regresso à vida virtual, e espero que tudo volte ao normal em breve.

Um grande, grande beijinho.

Hic Hic Hurra