quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Jornalista atropela carro de Pinto da Costa

A villa lusitana esteve presente na sessão de julgamento que possibilitou o feliz reencontro entre o Presidente do Futebol Clube do Porto e aquele que foi o seu grande amor, Carolina Salgado, numa altura da vida em que o primeiro alternava entre o mundo da bola e o das (suas) bolas, e não pode deixar de repor a verdade dos factos, tal a forma ignóbil como se tem feito o aproveitamento jornalístico de uma infeliz situação que ocorreu aquando do regresso a casa.
Depois de Pinto da Costa ter entrado no carro, um jornalista de um conhecido periódico nortenho, por motivos que ainda se desconhecem, investiu de forma perfeitamente alucinada em direcção à viatura e só o enorme sangue frio e a perícia desmedida do seu motorista conseguiu evitar que ali ficasse para todo o sempre gravada, no alcatrão de uma rua estreita, uma tragédia ímpar.
As coisas não se agravaram graças à rápida intervenção do INEM que fez deslocar ao local uma ambulância e obrigou o irrequieto e suicida jornalista à prestação de cuidados médicos, que o impossibilitaram de voltar a tentar o tresloucado e irresponsável acto, já que tinha a intenção de perseguir em ceroulas a viatura até ao estádio do dragão, onde subiria até uma das torres de iluminação deixando-se posteriormente cair em rappel, mas sem elástico, para cima do tejadilho do veículo.
Pinto da Costa, por seu turno, em declarações exclusivas para o nosso blogue, referiu que nem se apercebeu de nada, declarando que "nada bi de anormal, canudo, pois 'taba ainda a pensar que a Carolina continua boa com'ó milho e só é pena andar agora ela a fecundar-me, numa inbersão de papéis que num'agrada mêmo nada. Mas é a bida! Bom, dizia-bos eu, cumo binha a limpar as lunetes nem dei conta da coisa e apenas senti uma ligeira tremideira no carro, o que me fez comentar com o motorista para ir ber a suspenson à oficina. Sabe, é que eu, sem os óculos, num bejo a ponta dum corno...".
Eis novamente a villa a mostrar como se presta um verdadeiro serviço público. Nestas coisas, há que reconhecê-lo com frontalidade, somos tretacampeões... tetacampeões...ou lá como se diz!
Hic Hic Hurra

2 comentários:

WhoNose disse...

LOL
O Bimbinho da Costa sem óculos só via a Salgadinha em lingerie sexy ou nua.

Ze_Cuscopos disse...

Minha querida WhoNose,

Desde que, na altura do acto, não a confundisse com o Reinaldo Teles...

Parece que estou a ver a cena:
PC - "Ó Carolina, lobe off mai laif, tendes de fazer a depilasson das zonas púdicas de nobo. Queres que te pass'um cheque do FêCêPê?"
RT - "Ó Pinto, f***-se!!! Tu mete-me as lunetas nas fuças, canudo!!! Um gaijo num pode adormecer um segundo que tu bens-me logo lamber os bigodes, carago!!!"

Hic Hic Hurra