sábado, 2 de maio de 2009

Gripe suína evolui dramaticamente

Depois de meio mundo estar em estado de alerta máximo devido aos preocupantes casos de desenvolvimento de um poderoso vírus gripal, que tinha a sua origem nos porcos, que passou a ser transmissível aos humanos e entre estes, originando já várias mortes, a villa soube que a comunidade científica mundial ficou extremamente preocupada ao aperceber-se que o vírus, nesta sua nova estirpe, começa agora a revelar efeitos mutacionais nos seres humanos, que, pouco antes de esticarem o pernil (nunca esta expressão esteve tão actual), sofrem alterações faciais profundas.
O único caso conhecido, o de um cidadão de nacionalidade porto-riquenha chamado Urriba Coriño, que tem uma vizinha que é descendente de mexicanos em terceiro grau, com a qual teve uma sessão de sexo escaldante numa altura em que ela estava constipada, apresenta, ainda assim, uma particularidade que está a entusiasmar os médicos: permite fazer um diagnóstico fácil e seguro da doença, sem necessidade de análises que o confirmem.
Também é sabido que o Governo daquele país do continente americano está desolado devido à chacota internacional de que tem sido alvo ultimamente, pois por todo o mundo os naturais daquela região já passaram a ser conhecidos por porco-riquenhos!
Isto está lindo, está!
Hic Hic Hurra

2 comentários:

Ana disse...

Só agora, depois de ler aqui as últimas sobre a gripe A (eu chamo o verdadeiro nome às coisas), entendi a ira do senhor Jorge Nuno, que, tendo espirrado três vezes seguidas, ouviu alguém referir-se ao seu clube como "Futebol Clube do Porco".

Não se faz.

À sua!

Ze_Cuscopos disse...

Cara vizinha Ana,

Foi exactamente isso que eu lhes chamei no final da última jornada!!!

À Sua!!!

Hic Hic Hurra