sábado, 8 de maio de 2010

Os outros mostram o que ele veste, o que vai comer, o trajecto do cortejo...

Nós não, nós vamos mesmo, à semelhança dos tripulantes da nave espacial Enterprise que fez as delícias de uma geração, onde nenhum outro ser humano ousou ir antes.
A não ser os sacerdotes à rasca, é claro.
Por outras palavas, enquanto a Igreja Católica continua a braços com os escândalos que envolvem a instituição, e alguns dos seus membros, em situações de pedofilia (há quem diga, até, que os fiéis são crentes, enquanto os padres são carentes), a villa entrou subrepticiamente no submundo do Vaticano em Lisboa e descobriu a casa-de-banho onde o Santo Padre, durante a sua estadia, se vai dedicar às necessidades mais mundanas, onde pontifica uma sanita em madrepérola lílás com estofo almofadado em linho e debroado a ouro branco, local de profunda meditação e de grandes momentos (estamos certos) dedicados à leitura da Bíblia e se destaca, sobretudo, o urinol conventual cuja fotografia se anexa.
Que santa mijinha ali se faria, não acham?
Até seria pecado estar-se de aflições e não o utilizar convenientemente...
Aleluiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhhhhhh!
Hic Hic Hurra

4 comentários:

Ana disse...

Praise the Lord!

À VOSSA!

Red Eagle disse...

God bless... the children

Saudações Chaladas"

Ze_Cuscopos disse...

Cara vizinha Ana,

"Ratz" parta isto, que agora não sei o que comentou!

"Inger" se fosse em alemão...

À NOSSA!!!

Hic Hic Hurra

Ze_Cuscopos disse...

Caro vizinho Red Eagle,

O mesmo se aplica ao cavalheiro.

Não me poderia fazer o favor de trocar isso... por miúdos?

Saudações espirituais.

Hic Hic Hurra