segunda-feira, 26 de abril de 2010

Uma vez que a Transtejo não conseguiu arranjar alternativas

Eis a projecção villa lusitana para o dia de amanhã no rio Tejo, na ligação entre Almada e o Terreiro do Paço ou entre o Barreiro e o Cais do Sodré.
Para os felizes contemplados com uma casinha na outra margem e o local de trabalho nesta, resta-lhes o consolo de tentar chegar a horas, face à greve geral que está marcada para esta próxima terça-feira.
Têm praticado triatlo?
Bicicleta até ao cais de embarque, natação até ao local de desembarque e corridinha nas avenidas novas para ir secando a roupa até ao emprego parece-vos bem?
De outra forma, receio que a "seca" seja de outra natureza...
Hic Hic Hurra

4 comentários:

Red Eagle disse...

Grande verdade meu amigo. Mas a greve também serve para fazer valer os direitos perdidos. O problema é que em outros sectores esse direito está a ser negado...

Saudações Chaladas

Ze_Cuscopos disse...

Caro vizinho Red Eagle,

Somos ferozes adeptos dessa conquista laboral que é o direito à greve.

E greve sem incómodos para os outros e para os patrões não é greve para se levar a sério.
Se andam a negar esse direito, já não é greve... é GRAVE!!!

Retribuição das saudações, mas a preto que isto em azul sublinhado é só para os "experts"!!!

Hic Hic Hurra

Ana disse...

Parece que afinal a greve não foi muito grave.
Ainda dizem que o povo português não tem imaginação!

À Vossa!

Ze_Cuscopos disse...

Cara vizinha Ana,

Qual parte do povo português é que não tem imaginação?

Espero que não seja a parte política...

Pois até há bem pouco tempo não havia crise...

Hic Hic Hurra