sábado, 27 de fevereiro de 2010

E a única coisa capaz de romper o silêncio deste blogue é...

"Lydia Carranza encontrava-se no seu local de trabalho, num consultório de dentista de Beverly Hills, Califórnia, quando subitamente um homem com uma metralhadora semi-automática entrou e a alvejou, refere o jornal britânico "Telegraph".
O caso aconteceu em Julho passado. O homem apontou directamente para o coração, mas um dos seus implantes mamários, de copa D, impediram que fragmentos da bala atingissem órgãos vitais.
"Ela é uma mulher de sorte", declarou o cirurgião Ashkan Ghavami ao "Los Angeles Times", prosseguindo: "Os fragmentos da bala ficaram a milímetros do coração e de outros órgãos vitais. Caso ela não tivesse o implante, talvez já não estivesse ainda viva"".

Mais uma razão válida para as mulheres colocarem silicone...

1 comentário:

Red Eagle disse...

Se dúvidas havia... Silicone faz bem à saúde