quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Se fosse a Soraia Chaves, ainda concorria

Para comemorar o seu centésimo aniversário, a revista erótica holandesa 'Foxy' está a patrocinar um passatempo em que o vencedor terá direito a passar uma noite com uma prostituta profissional.
Todos os que quiserem participar terão que enviar um texto de cem palavras onde justifiquem o porquê de se considerarem o amante perfeito. O vencedor passará uma noite com a prostituta Priscilla, uma profissional que trabalha num clube em Haia e que cobra 165 euros por programa.
Se fosse em Portugal, já tinhamos a "Opus Gay" na comunicação social e na A.R. a acusar a iniciativa de discriminação sexual para com os gays e a perguntar porque é que o Armando, que é prostituto profissional no Parque Eduardo VII e cobra até menos que a Priscilla por programa, também não pode ser incluido como prémo alternativo caso o vencedor do passatempo seja "gay".

1 comentário:

Red Eagle disse...

Não eras só que concorrias, também concorria se fosse com a Soraia Chaves. Já relativamente à festa da mangueira não sou muito adepto...