sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Justa, justíssima homenagem

ao maior tenor vivo e, porventura, aquele que mais se destacou (e ainda se destaca, aos 68 anos), em termos artísticos e humanos, na segunda metade do séc. XX: PLACIDO DOMINGO.



A quem possa interessar, deixo aqui o link para a notícia:
http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1405100&idCanal=42

P.S. - escolhi uma foto dele na encarnação do herói shakespeariano Otello, papel em que, na minha opinião, é insuperável e canta divinamente.

1 comentário:

Ze_Cuscopos disse...

Meu caro inspector,

Alinho pelo mesmo diapasão.

Justíssimo.

Hic Hic Hurra