segunda-feira, 8 de junho de 2009

O Tacho Europeu do Zé

E mais uma violação dos direitos, liberdades e garantias do cidadão!
O nosso Zé foi hoje bater à porta do CNE, querendo saber que história era essa do Bloco de Esquerda ter eleito o último deputado disponível ao Parlamento Europeu.
Confrontado com tal situação, o presidente do CNE confirmou tal eleição e perguntou ao nosso Zé qual o motivo da sua reclamação.
-Eu fui eleito! Claramente eleito! Tive 4,65% dos votos e não fui eleito porquê".
- O senhor teve o quê?! Oiça lá, não está bêbado nem nada? (por acaso até estava...)
- Antão os brancos e os nulos não tiveram 4,65%?
- Sim, e então?
- Antão eu não sou branco?
- É...
- E não sou claramente uma nulidade?
- Bom, vistas as coisas desse prisma...
- QUERO O MEU TACHO!!!

E foi assim que o nosso Zé teve direito a um tacho europeu, vindo directamente do IKEA via CNE...

4 comentários:

Red Eagle disse...

E ele teria claramente o meu voto

Rabodesaia disse...

Bem, o vizinho Zé tinha certamente o apoio incondicional de toda a vizinhança!
Mas pronto... para quando mesmo eleições na Villa?

Ze_Cuscopos disse...

Meu caro Nero,

Como vês, pelo menos dois votos eu tinha!!!

E só não seriam três devido ao facto de não me conseguir ter em pé para exercer o meu direito de voto...

Hic Hic Hurra

João J. disse...

O meu voto não vai para o vizinho... se a história de ser a nulidade, decerto que o PS e o sr Sócrates somava os 4% e ganhava as eleições...