sábado, 28 de março de 2009

Numa fotografia colectiva

O ângulo em que o fotógrafo se posiciona é essencial para o sucesso da imagem.
Mas o mesmo princípio deverá ser aplicado aos intervenientes, pois basta um deles sair um bocado da harmonia do grupo para que o instantâneo se transfigure.
E, no caso, o resultado final, para a posteridade, até pode nem ser do agrado das mocinhas.
Digo eu, a quem estas visitas às coisas públicas sempre meteu alguma confusão...
Hic Hic Hurra

2 comentários:

ANA.RCA disse...

O fotógrafo estava a pensar deslocar-se a um chambre de putes... é um amador... na fotografia e não só... lol

Ze_Cuscopos disse...

Minha cara Ana.rca,

Desde que não se envolva em nenhuma dispute por causa disso...

Hic Hic Hurra